Porque é que é importante

O vinho faz parte da nossa vida, cultura e dieta desde tempos imemoriais. Ao longo da vasta história do vinho, passando da sua profunda importância como fonte de nutrição e para efeitos cerimoniais, até ser o complemento cultural à comida e ao convívio que é hoje em dia, um aspeto permaneceu imutável: a associação de vinho com gastronomia, história, tradição, origens, qualidade e orgulho locais, para além de um enquadramento social de grande relevância.

 

Embora a maior parte das pessoas desfrute do vinho de forma moderada e responsável, como parte de um estilo de vida saudável e como uma art de vivre geral, existe uma minoria que abusa do consumo do vinho e de outras bebidas alcoólicas, ao ponto de se tornar prejudicial para os próprios e para as pessoas que os rodeiam.

 

Infelizmente, ao tentar reduzir o problema para esta minoria, tem havido um crescente aumento do foco no “álcool” e no “dano”, esquecendo os aspetos positivos da cultura do vinho. Qualquer comunicação sobre vinho tornou-se suspeita, quando na verdade a grande maioria dos conteúdos podem até ajudar ao objetivo de educar as pessoas na apreciação do vinho de uma forma civilizada.

 

Os comunicadores de vinho têm a responsabilidade de agir com correção, com os olhos postos no bem-estar a longo prazo dos consumidores, produtores e da sociedade em geral, assim como dos próprios criadores de conteúdos. Por isso, é uma incumbência dos comunicadores encontrar formas de falar sobre o vinho que promovam um respeito e conhecimento saudáveis sobre este néctar, apresentando-o não apenas como uma bebida alcoólica, mas como parte de uma cultura que todos partilhamos.

 

Ao procurar e premiar conteúdos que conseguem atingir este equilíbrio entre moderação e art de vivre, os prémios Born Digital Wine Awards, brought to you by Wine in Moderation, esperam contribuir para a promoção e sustentabilidade da Cultura do Vinho a longo prazo, para que o consumo moderado e responsável continue a ser a norma social.

 

Com este objetivo, criámos um conjunto claro de “Princípios de Comunicação Responsável”, que esperamos que sejam amplamente adotados pelos criadores de conteúdos sobre vinho.